Mostrando postagens com marcador BOLSA DE ESTUDO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador BOLSA DE ESTUDO. Mostrar todas as postagens

18 de abr de 2017

COISAS QUE VOCÊ NUNCA DEVE FAZER NA FACULDADE

A OSS é um Congresso Online para universitários, com mais de 25

palestras focadas em te ajudar e transformar suas atitudes agora, ainda

esse semestre. Afinal, ainda há tempo!





<a href="https://go.hotmart.com/M5762880D"><img src="http://imagizer.imageshack.us/v2/xq90/743/kAcTnf.png" border="0" width="250" height="250" /></a>

Além disso, tenho certeza que o conteúdo deste congresso te ajudará não

só neste semestre, mas em todo o restante do seu curso! Por isso,

aliste-se já e entre na guerra contra aquilo que te impede de ser um

Universitário Ativo!












Para obter o curso Operação Salva Semestre, acesse o site:



https://go.hotmart.com/M5762880D







A

OSS é um Congresso Online para universitários, com mais de 25 palestras

focadas em te ajudar e transformar suas atitudes agora, ainda esse

semestre. Afinal, ainda há tempo!



<a href="https://go.hotmart.com/M5762880D"><img src="http://imagizer.imageshack.us/v2/xq90/743/kAcTnf.png" border="0" width="250" height="250" /></a>



Além disso, tenho certeza que o

conteúdo deste congresso te ajudará não só neste semestre, mas em todo o

restante do seu curso! Por isso, aliste-se já e entre na guerra contra

aquilo que te impede de ser um Universitário Ativo!



Operação Salva Semestre funciona



Operação Salva Semestre vale a pena



Operação Salva Semestre é bom



Operação Salva Semestre é confiavel



Operação Salva Semestre download



Operação Salva Semestre gratis



Operação Salva Semestre baixar



Operação Salva Semestre pdf



Operação Salva Semestre ebook



Operação Salva Semestre livro



Operação Salva Semestre minhateca



Operação Salva Semestre mercado livre



Operação Salva Semestre depoimentos



Operação Salva Semestre login



Operação Salva Semestre download



Operação Salva Semestre login e senha



Operação Salva Semestre preço



Operação Salva Semestre comprar



Operação Salva Semestre hotmart



Operação Salva Semestre e-book



Operação Salva Semestre desconto



Operação Salva Semestre webinario



Operação Salva Semestre hangout



Operação Salva Semestre youtube



Operação Salva Semestre yahoo



Operação Salva Semestre reclame aqui



Operação Salva Semestre o que é



Operação Salva Semestre reclamações



curso Operação Salva Semestre



programa Operação Salva Semestre



guia Operação Salva Semestre



metodo Operação Salva Semestre



projeto Operação Salva Semestre



treinamento Operação Salva Semestre



quantos pontos precisa para passar de ano



calculo para recuperação escolar



como calcular nota bimestral



como passar na recuperação de matematica



como passar de ano no 4 bimestre



como calcular a media final escolar



como funciona a recuperação escolar



quantas notas vermelhas repete de ano





-->

9 de jul de 2015

lista da documentação - PROUNI - Programa Universidade

Documentação necessária
Documentação que deve ser apresentada pelo candidato e membros do grupo familiar, quando for o caso, na fase de comprovação de informações.
É vedado ao coordenador do Prouni solicitar a autenticação em cartório das cópias dos documentos, que devem ter a autenticidade atestada por meio da apresentação das vias originais no momento de aferição das informações prestadas pelo candidato.
Atenção: É facultado ao coordenador do Prouni na instituição solicitar quaisquer outros documentos, eventualmente, julgados necessários à comprovação das informações prestadas pelo candidato, referentes a este ou aos membros de seu grupo familiar.
1. DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR
O coordenador do Prouni deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes de identificação:
  • Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das Unidades da Federação.
  • Carteira Nacional de Habilitação, novo modelo, no prazo de validade.
  • Carteira Funcional emitida por repartições públicas ou por órgãos de classe dos profissionais liberais, com fé pública reconhecida por Decreto.
  • Identidade Militar, expedida pelas Forças Armadas ou forças auxiliares para seus membros ou dependentes.
  • Registro Nacional de Estrangeiros (RNE), quando for o caso.
  • Passaporte emitido no Brasil.
  • Carteira do Trabalho e Previdência Social (CTPS).
2. COMPROVANTES DE RESIDÊNCIA
O coordenador do Prouni deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes de residência em nome do bolsista ou de membro do grupo familiar:
  • Contas de água, gás, energia elétrica ou telefone (fixo ou móvel).
  • Contrato de aluguel em vigor, com firma do proprietário do imóvel reconhecida em cartório, acompanhado de um dos comprovantes de conta de água, gás, energia elétrica ou telefone em nome do proprietário do imóvel.
  • Declaração do proprietário do imóvel confirmando a residência, com firma reconhecida em cartório, acompanhada de um dos comprovantes de conta de água, gás, energia elétrica ou telefone em nome do proprietário do imóvel.
  • Declaração anual do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF).
  • Demonstrativo ou comunicado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou da Receita Federal do Brasil (RFB).
  • Contracheque emitido por órgão público.
  • Boleto bancário de mensalidade escolar, de mensalidade de plano de saúde, de condomínio ou de financiamento habitacional.
  • Fatura de cartão de crédito.
  • Extrato ou demonstrativo bancário de outras contas, corrente ou poupança.
  • Extrato ou demonstrativo bancário de empréstimo ou aplicação financeira.
  • Extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
  • Guia ou carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) ou do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).
3. COMPROVANTES DE RENDIMENTOS
I - Comprovante de rendimentos do estudante e dos integrantes de seu grupo familiar, referentes às pessoas físicas e a eventuais pessoas jurídicas vinculadas.
II - Para comprovação da renda devem ser apresentados documentos conforme o tipo de atividade.
III - Para cada atividade, existe uma ou mais possibilidades de comprovação de renda.
IV - Deve-se utilizar pelo menos um dos comprovantes relacionados.
V - A decisão quanto ao(s) documento(s) a ser(em) apresentado(s) cabe ao coordenador do Prouni, o qual poderá solicitar qualquer tipo de documento em qualquer caso e qualquer que seja tipo de atividade, inclusive contas de gás, condomínio, comprovantes de pagamento de aluguel ou prestação de imóvel próprio, carnês do IPTU, faturas de cartão de crédito e quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas a qualquer membro do grupo familiar.
3.1 - ASSALARIADOS
  • Três últimos contracheques, no caso de renda fixa.
  • Seis últimos contracheques, quando houver pagamento de comissão ou hora extra.
  • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, quando houver.
  • CTPS registrada e atualizada.
  • CTPS registrada e atualizada ou carnê do INSS com recolhimento em dia, no caso de empregada doméstica.
  • Extrato da conta vinculada do trabalhador no FGTS referente aos seis últimos meses.
  • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.
3.2 - ATIVIDADE RURAL
  • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, quando houver.
  • Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ).
  • Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao estudante ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso.
  • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas.
  • Notas fiscais de vendas dos últimos seis meses.
3.3 - APOSENTADOS E PENSIONISTAS
  • Extrato mais recente do pagamento de benefício, obtido por meio de consulta no endereço eletrônico http://www.mpas.gov.br
  • Extratos bancários dos últimos três meses, quando for o caso.
  • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, quando houver.
3.4 - AUTÔNOMOS
  • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, quando houver.
  • Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao estudante ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso.
  • Guias de recolhimento ao INSS com comprovante de pagamento do último mês, compatíveis com a renda declarada.
  • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.
3.5 - PROFISSIONAIS LIBERAIS
  • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, quando houver.
  • Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao estudante ou membros de seu grupo familiar, quando for o caso.
  • Guias de recolhimento ao INSS com comprovante de pagamento do último mês, compatíveis com a renda declarada.
  • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.
3.6 - SÓCIOS E DIRIGENTES DE EMPRESAS
  • Três últimos contracheques de remuneração mensal.
  • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, quando houver.
  • Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica - IRPJ.
  • Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao estudante ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso.
  • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas.
3.7 - RENDIMENTOS DE ALUGUEL OU ARRENDAMENTO DE BENS MÓVEIS E IMÓVEIS
  • Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física - IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, quando houver.
  • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.
  • Contrato de locação ou arrendamento devidamente registrado em cartório acompanhado dos três últimos comprovantes de recebimentos.
4. COMPROVANTE DE SEPARAÇÃO, DIVÓRCIO OU ÓBITO DOS PAIS
  • Comprovante de separação ou divórcio dos pais ou certidão de óbito, no caso de um deles não constar no grupo familiar do estudante, por estas razões.
  • Caso a ausência, no grupo familiar, de um dos pais do estudante ocorra em função de motivo diverso dos constantes acima, este deverá apresentar declaração, sob as penas da lei, de duas pessoas que atestem a situação fática específica, a critério do coordenador do Prouni.
5. COMPROVANTE DE PAGAMENTO DE PENSÃO ALIMENTÍCIA
  • Cópia de decisão judicial, acordo homologado judicialmente ou escritura pública determinando o pagamento de pensão alimentícia, caso esta tenha sido abatida da renda bruta de membro do grupo familiar.
6. COMPROVANTES DE ENSINO MÉDIO
  • Comprovantes dos períodos letivos referentes ao ensino médio cursados em escola pública, quando for o caso.
  • Comprovante de percepção de bolsa de estudos integral durante os períodos letivos referentes ao ensino médio cursados em instituição privada, emitido pela respectiva instituição, quando for o caso.
  • O estudante que tenha cursado o ensino médio no exterior deverá apresentar as vias originais dos documentos referidos nos itens acima, e a respectiva tradução para o português, por tradutor juramentado, nos termos do art. 224 da Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 - Código Civil.
  • Para a comprovação de conclusão do ensino médio, o estudante poderá apresentar certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) ou dos exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino. Neste caso, o estudante não poderá ter cursado, em algum momento, o ensino médio em escola particular, exceto se na condição de bolsista integral da própria escola.
7. COMPROVANTE DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO BÁSICA, quando for o caso
  • Comprovante de efetivo exercício do magistério na educação básica pública integrando o quadro de pessoal permanente da instituição.
8. COMPROVANTE DE DEFICIÊNCIA, quando for o caso
  • Laudo médico atestando a espécie e o grau da deficiência, nos termos do art. 4º do Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID.
-->

Novo site do Ensino a Distância (EaD) do Sest Senat está no ar

Novo site do Ensino a Distância (EaD) do Sest Senat está no ar

O novo site da Educação a Distância (EaD) Sest Senat está no ar. Todos os cursos são gratuitos, têm início imediato e dão direito a um certificado de conclusão de Curso de Formação Inicial e Continuada após cumprir todas as etapas. Duas capacitações já estão disponíveis: Noções de Meio Ambiente e DST/Aids: Da Prevenção ao Tratamento. São 12 horas de aulas interativas e material de estudo disponível para impressão. Mais informações estão disponíveis no site ead.sestsenat.org.br.


Campo Grande e BH têm inscrições abertas para o Circuito Sest Senat



Em Campo Grande, as inscrições vão até o dia 22 de julho. Já em Belo Horizonte, os interessados têm até o dia 29 para se inscreverem
-->

31 de mai de 2013

Como conseguir o Fies

-->
  1. Para conseguir o financiamento, o estudante deve ter renda familiar de no máximo 1,5 salário minimo (para licenciatura não há limite de renda) e acessar o site do programa http://sisfiesportal.mec.gov.br, que também está disponível no portal do ministério da educação (MEC) e efetuar o cadastro. Para isso basta informar alguns dados, como documentação pessoal e data de nascimento. Todas as informações estarão descritas no sistema. Depois é só validar as suas informações no próximo acesso. Para fazer a inscrição deverá preencher o formulário padrão exigido pelo MEC. Duas informações importantes são: opção pela instituição na qual gostaria de realizar o FIES (As opções disponíveis são Caixa econômica federal e banco do Brasil) e a instituição de ensino na qual está matriculado(a).
  2. 2
    Com o cadastro efetuado e o formulário completamente respondido, o estudante deve se dirigir até a comissão permanente de supervisão e acompanhamento (CPSA), em no máximo dez dias para apresentar a documentação que comprove os dados do formulário do SIsFies. A documentação já é informada no momento da inscrição via internet.
  3. 3
    Feito isso o estudante deve se dirigir a agência bancária da instituição escolhida com toda a documentação, mais a validação da documentação junto a instituição de ensino para efetuar a contratação do FIES. O atendente efetuará um cadastro, inclusive com consulta aos serviços de proteção ao crédito, e fará uma análise de crédito especialmente para comprovar que o estudante não poderá arcar com as despesas da faculdade. O prazo para comparecer no banco é de dez dias. A partir de 2010, o FIES pode ser solicitado em qualquer época e não há mais necessidade de fiador.

23 de mar de 2013

Curso Gratis De Ingles

-->

Treine seu inglês GRÁTIS!

Receba lições por e-mail e aprenda investindo apenas 5 minutos por dia!

  • Conteúdo novo todo dia
  • Vocabulário variado a cada lição
  • Mini-testes para acompanhar seu progresso
Cadastre-se 

----------------------------------------- 

-----------------------------------------------------------------------------------------

Curso de inglês online

O Meuinglês é um sistema de aprendizado online que ajuda brasileiros a aprender inglês, criado por professores nativos e brasileiros fluentes.
Do iniciante ao fluente, você personaliza o curso e estuda quando, onde e como quiser. No seu ritmo.
 Você gostaria de aprender inglês, mas não tem tempo ou dinheiro para pagar um curso? Então você esta no lugar certo! Aqui você encontra um curso de inglês grátis, com áudios, vídeos, exercícios online, auxílio de professor e várias outras atividades. Junte-se a nós, já são mais de 700.000 alunos matriculados. Seja bem vindo ao INGLÊS CURSO. Esse site foi feito especialmente para você. Observe as opções de navegação no menu da esquerda, e comece agora mesmo a falar inglês. 
 Ainda em dúvida se o curso é realmente grátis?  Sim, o curso é 100% grátis, você não paga absolutamente nada,  e pode iniciar agora mesmo, e estudar a qualquer momento.  Acesse agora o curso básico
Fique atento ao site, pois toda semana teremos novas lições.  E não é só isso.  Além do curso ser grátis, nossos patrocinadores estão oferecendo vários brindes incluindo dois prêmios mensais de R$ 100,00 cada e um prêmio de R$ 1.000,00 no fim do ano.  Para concorrer basta curtir nossa página e compartilhar as postagens.  Acesse agora: http://www.facebook.com.br/inglescurso.net

---------------------------------------------------------------------------------------------

 
------------------------------------------------------------------------------------

Curso Gratis De Ingles

Aprenda Inglês Sem Sair de Casa.
Inscreva-se Agora Online, é Grátis!


---------------------------------------------------------------------------
 
---------------------------------------------------------------------------


  1. Inglês 100% Grátis

    Lições divertidas online
    Você nunca vai ter que pagar!
  2. Inglês Não é Difícil

    Grátis Unidades 1, 2 e 3 Completas!
    Teste, Sem Compromisso, e Comprove.
  3.  
  4. ------------------------------------------------------------------------------------------
  5.  
  6.  
  7. Candidatar-se a ajuda financeira da Universidade d...
  8. Bolsa Presidente Nanyang de Pós-Graduação (NPGS)
  9. Bolsas de Hong Kong
  10. Bolsas Erasmus Mundus
  11. bolsa fulbright
  12. livros didáticos gratis

Curso de inglês online

O Meuinglês é um sistema de aprendizado online que ajuda brasileiros a aprender inglês, criado por professores nativos e brasileiros fluentes.
Do iniciante ao fluente, você personaliza o curso e estuda quando, onde e como quiser. No seu ritmo.

8 de mar de 2013

Interactive softwares

--> empresa desenvolvedora de softwares interativos de ensino.
Atuamos no mercado de cursos de informática e cursos profissionalizantes, desenvolvendo programas educacionais interativos.

didática visa dar às escolas licenciadas e seus alunos as ferramentas necessárias para o desenvolvimento e aperfeiçoamento da aprendizagem.  

Dia após dia identificamos diversas melhorias e necessidades de programas mais avançados tecnologicamente, trazendo à nossos clientes um verdadeiro diferencial no quesito didática, designer, praticidade de uso e versões atualizadas dos softwares, entre outros.

Estamos sempre atentos aos lançamentos do mercado, levando inovação


veja aqui a lista de cursos

6 de mar de 2013

2 mil vagas para qualificar profissionais para copas

--> Secretaria Estadual da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (Secopa), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-Ba).
Segundo a Secopa, as matrículas para alguns cursos já estão abertas e as primeiras turmas começam as aulas ainda em março. Os interessados nas oportunidades devem entrar em contato com o Centro de Educação Profissional (CEP) para saber quais as opções de cursos já estão disponíveis.
O CEP está localizado na Avenida Otávio Mangabeira, nº 1623, bairro da Pituba, ou na unidade do Senac do Aquidabã, localizado na Rua J.J Seabra, nº 403, Baixa dos Sapateiros. Mais informações podem ser obtidas através do telefone do CEP: (71) 3186-4000.
No total, serão oferecidas vagas de qualificação nas áreas de receptivo turístico, frentistas, bilheteiros, balconistas, atendentes de lojas, camareiras, manipulação de alimentos, dentre outros. A iniciativa também vai oferecer uma consultoria para 180 empresas de turismo e hotelaria.

5 de mar de 2013

Empréstimo Domiciliar

-->



Empréstimo Domiciliar

O setor de Empréstimo Domiciliar integra a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa e é composto por mais de 70.000 livros, divididos entre as diversas áreas do conhecimento. Com ênfase na literatura brasileira e estrangeira, inclui autores representativos, com destaque para os grandes clássicos.
Os interessados podem fazer empréstimo de até dois (2) livros por vez. O prazo para a devolução é de 14 dias, podendo ser renovado por mais 14 dias, pessoalmente ou pela internet.
Para utilizar este serviço é necessário fazer a carteira de leitor da biblioteca. Para isto, basta apresentar a seguinte documentação:
- carteira de identidade;
- carteira de identidade do responsável, se o leitor for menor de 16 anos;
- comprovante de residência em seu nome ou sobrenome, atualizado  com o mínimo de 60 dias emitido pelos correios ou 2ª via retirada na internet;
- contribuição de R$ 3,00.

O catálogo com o acervo está disponível na base de dados bibliográficos da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa e pode ser consultado via internet, através do link Pesquisa de Acervo
 
 
 
Horário de inscrição:
Segunda a sexta-feira, de 8h às 19h30, sábado, de 8 às 11h30.
Horário de Funcionamento:
Segunda a sexta-feira, de 8 às 20h, e sábado, de 8 às 12h.
Telefone: (31) 3269-1230/1231
E-mail: emprestimo.sub@cultura.mg.gov.br
Endereço: Prédio Anexo Professor Francisco Iglésias – Rua da Bahia, 1889 – 1º andar.

22 de fev de 2013

Serão selecionados 7 mil candidatos para atuar nas seis sedes da Copa das Confederações,

-->
Serão selecionados 7 mil candidatos para atuar nas seis sedes da Copa das Confederações, além de 4.900 escolhidos para as cerimônias de abertura e encerramento da competição

Divulgação / Portal da Copa Ampliar
  • Os voluntários vão atender aeroportos, pontos turísticos, festas públicas, Fan Fests e outras áreas de grande fluxo de pessoas
O programa Brasil Voluntário recebeu 40.065 inscrições nesta primeira fase. Pessoas entre 18 e 85 anos e de mais de 30 nacionalidades se cadastraram. As únicas exigências eram: ter no mínimo 18 anos de idade, residir no Brasil e ter disponibilidade de horário. Sete mil voluntários serão selecionados para atuar nas seis cidades-sede da Copa das Confederações da Fifa Brasil 2013. Outras 4.900 pessoas vão ser escolhidas para participar da abertura e do encerramento da competição, em Brasília e no Rio de Janeiro respectivamente.
Os voluntários selecionados irão atuar no suporte à gestão, operação do evento e o apoio ao turista. Algumas características serão levadas em consideração para a seleção: idiomas falados além do português, experiências anteriores de voluntariado, formação acadêmica, cursos relacionados às áreas de atuação e habilidades específicas.
As inscrições para o voluntariado tiveram início em 22 de janeiro e foram encerradas no último sábado (16). Os candidatos devem ficar atentos aos prazos. O resultado da seleção será comunicado por e-mail e pela rede social Brasil Voluntário a partir de 20 de fevereiro. Depois, os selecionados terão o período de 1º a 31 de março para fazer a formação à distância, em uma plataforma online.O treinamento presencial acontece de 20 de abril a 11 de maio nas cidades em que o inscrito optou por atuar como voluntário.
Os selecionados pelo Programa não irão receber remuneração. Terão direito a uniforme, alimentação, passe para transporte e seguro de responsabilidade civil e acidentes pessoais. Aqueles que concluírem o treinamento receberão certificado emitido pela Universidade de Brasília (UnB).

Rede social
A rede social Brasil Voluntário, que reúne os candidatos já cadastrados, teve, até segunda-feira (18), 9.063 fotos postadas e 6.657.013 publicações, incluindo comentários em postagens.

Copa de 2104
Aqueles que não forem selecionados continuarão na lista de reserva e poderão ter a chance de participar das ações de apoio na Copa do Mundo de 2014, quando serão escolhidos 50 mil voluntários.
Quem não se inscreveu ainda poderá tentar uma vaga no Brasil Voluntário para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. O cadastro para o torneio do ano que vem será reaberto após a Copa das Confederações. Mais de 50 mil voluntários serão selecionados para as doze cidades-sede em 2014.
O programa Brasil Voluntário recebeu 40.065 inscrições. Pessoas entre 18 e 85 e de mais de 30 países se cadastraram. Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília foram as cidades que mais receberam candidatos. No total, 8.143 pessoas se inscreveram para atuar no Rio de Janeiro, 4.521 em São Paulo e 3.707 em Brasília. Os números correspondem apenas a pessoas que completaram o cadastro até o fim.
Nessa próxima etapa, pessoas que moram fora do País também serão selecionadas. Na primeira fase, 458 candidatos de 30 países se inscreveram. A Argentina foi o país que recebeu mais candidatos estrangeiros. Foram 220 inscritos.



Bolsa-Atleta Estão abertas as inscrições para a segunda etapa do programa

--> Processo vai contemplar esportistas das modalidades que não compõem os programas dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos 

  • O Bolsa-Atleta concede bolsas a atletas de esportes dos programas olímpico e paralímpico
Já está aberta a segunda etapa de inscrições para o programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte. Agora, é a vez dos esportistas das modalidades que não compõem os programas dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos garantirem o benefício. As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de março na página do programa.
Esta é a segunda etapa do processo de inscrição do programa referente ao exercício 2012. Após o cadastro, os atletas terão 30 dias para enviar a documentação exigida ao ministério. A lista de documentos necessários está disponível no site do órgão e no artigo 5º da Portaria 164/2011.

A primeira etapa de seleção de 2013 do Bolsa-Atleta contemplou mais de 4,9 mil atletas de 55 modalidades que compõem os programas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O programa é uma das iniciativas do Ministério do Esporte que contribui para a formação de atletas de alto rendimento que representem o País em competições de nível internacional.
Para conceder a bolsa, o ministério exige a participação das entidades nacionais de administração do desporto - as confederações - na indicação dos eventos esportivos que confirmem o desempenho dos atletas, assim como no controle de dopagem.


O Bolsa-Atleta auxilia financeiramente esportistas de todo País e é um dos grandes incentivadores da nova geração do esporte nacional. O programa custeia o treinamento e a aquisição de equipamentos, principalmente nas modalidades que não têm visibilidade, com poucos patrocínios privados.
Desde a sua criação, em 2005, mais de 18 mil bolsas já foram concedidas nas categorias de base, estudantil, nacional, internacional, olímpico e paraolímpico. Para ser contemplado, é preciso preencher uma série de pré-requisitos determinados na legislação do programa, que depende da categoria disputada.
A concessão do benefício para os atletas que participam de modalidades que não fazem parte do programa olímpico ou paraolímpico é limitada a 15% dos recursos orçamentários disponíveis para a Bolsa Atleta.



inscrições para a Mostra de Cinema do Desenvolvimento,

-->

As obras devem ser inscritas até o dia 4 de março

Divulgação/Ancine Ampliar
  • Não há restrição quanto a ano, formato, gênero e duração do filme inscrito
Estão abertas as inscrições para a Mostra de Cinema do Desenvolvimento, que será realizada entre 19 e 21 de março deste ano, durante a 3ª Conferência de Desenvolvimento (Code). O prazo para que diretores inscrevam seus filmes vai até o dia 4 de março.
O caráter da mostra é estritamente exibidor, ou seja, não haverá premiação, e não há restrição quanto a ano, formato, gênero e duração do filme inscrito. O único requisito é que as produções abordem a temática do desenvolvimento do País nas áreas social, econômica, ambiental, e cultural.

Seleção
Uma curadoria composta por pesquisadores do Ipea de diferentes áreas ficará a cargo da seleção dos filmes, que serão todos exibidos em formato digital. Serão levadas em conta, na seleção, a criatividade e a relevância, para o desenvolvimento do País, do tema abordado no filme.

Inscrição
Para inscrever o filme é necessário, antes, preencher a ficha de inscrição e encaminhá-la para o e-mail mostracode@ipea.gov.br, com o link do filme, que será enviado posteriormente com a ficha impressa e assinada pelo diretor.

Code
Este ano, a Conferência será feita em parceria com o Ministério da Integração Nacional (MI), que realizará simultaneamente a Conferência Nacional de Desenvolvimento Regional (CNDR).

O evento, que vai acontecer no Centro de Eventos Brasil 21, em Brasília, reunirá o público que terá a oportunidade de discutir os principais temas relacionados ao desenvolvimento do Brasil em atividades que incluem painéis, mesas e minicursos.
Todas as atividades do evento serão gratuitas, e as inscrições poderão ser feitas a partir do dia 18 de fevereiro, no site.
O objetivo da Code/Ipea é incentivar as discussões sobre desenvolvimento, com base na produção aplicada do Ipea. A intenção é fazer todos os debates de forma aberta a estudantes, profissionais, agentes públicos, estudiosos, pesquisadores, especialistas, professores, legisladores, entre outros.
Além disso, parte da Conferência permitirá também que a sociedade em geral conheça indicadores, pesquisas e modelos de desenvolvimento, por meio de instalações e projeções.
Acesse o regulamento da Mostra de Cinema do Desenvolvimento.
Baixe a ficha de inscrição da Mostra de Cinema.

está com inscrições abertas em projetos cinematográficos até 5 de abril.

-->
O Bolivia Lab fomenta há quatro anos a formação cinematográfica ibero-americana por meio da implementação de espaços voltados a projetos em desenvolvimento
O Bolivia Lab está com inscrições abertas em projetos cinematográficos até 5 de abril. O laboratório acontecerá em junho, entre os dias 11 e 18, nas cidades bolivianas de La Paz e Cochabamba, e oferecerá diversas atividades, como cursos e workshops de formação e especialização.
  • Evento acontece em junho e promove, além do laboratório de projetos, oficinas de roteiro e de produção executiva
O Laboratório de Desenvolvimento de projetos cinematográficos ibero-americanos promoverá conferências e debates com profissionais da indústria, uma oficina de roteiro e encontros com representantes da mídia boliviana e internacional, e é direcionado a profissionais da América Latina e Espanha interessados em encontrar potenciais coprodutores.
Para concorrer à seleção, os interessados devem preencher o formulário disponível no site do Bolivia Lab, anexar a documentação solicitada no regulamento e enviar à organização do Bolivia Lab. O melhor projeto, segundo os avaliadores, receberá o incentivo Filmosonido, que consiste em 15 mil dólares em serviços de pós produção de som ou imagem. Outros incentivos também estão previstos.
Oficinas
O Bolivia Lab também promoverá a III Oficina Internacional de Roteiro, que acontecerá na cidade de Cochabamba, entre os dias 5 e 9 de junho, aberta a roteiristas ibero-americanos que já tenham um roteiro em desenvolvimento, já com diretor ou produtor definidos. Serão selecionados 15 roteiros. Destes, três podem obter a bolsa integral, e 12 podem participar da oficina na modalidade paga, cujo valor será de 3.200 bolivianos (cerca de R$ 950), e dá direito ao inscrito de assistir a todas as atividades do Bolivia Lab. A data limite para as inscrições de roteiros é 29 de março.

Também fazem parte do Bolivia Lab a Oficina Intensiva de Produção Executiva e o Prêmio Finaliza 2013, que selecionará três filmes em fase de finalização e fornecerá hospedagem aos selecionados entre os dias 15 e 18 de junho, para participação no Bolivia Lab. As inscrições para o Prêmio Finaliza são gratuitas e vão até o dia 2 de abril. Já a Oficina Intensiva de Produção Executiva, novidade do evento, é aberta a 12 produtores ibero-americanos, que estejam produzindo seu primeiro ou segundo filme.
Oito vagas são destinadas a bolsistas de edições anteriores do Bolivia Lab, e quatro são abertas a novos produtores que desejem participar da oficina. O valor desta oficina será de 1500 Bolivianos (cerca de 450 reais) para ex-bolsistas do Laboratório, e 2.200 bolivianos (aproximadamente 650 reais) para novos participantes.

Fonte:
Ancine

Ciência sem Fronteiras 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio,

-->
Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.
O projeto prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação. Além disso, busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas no Programa, bem como criar oportunidade para que pesquisadores de empresas recebam treinamento especializado no exterior.


Instruções


Leia atentamente as instruções antes de efetivar sua inscrição.
1) As inscrições para as Chamadas da Bélgica e Finlândia finalizam em: 05/04/2013 às 23:59h (Horário de Brasília). O suporte ficará disponível somente até às 18h30. Formulários disponíveis a partir de 20/02/2013.
2) As inscrições para as Chamadas da Áustria, China e Irlanda finalizam em: 06/04/2013 às 23:59h (Horário de Brasília). O suporte ficará disponível somente até às 18h30. Formulários disponíveis a partir de 20/02/2013.

3) Será aceita uma única inscrição por candidato e para uma única Chamada. Na hipótese de envio de uma nova inscrição pelo mesmo candidato, respeitando-se a data limite de inscrição, esta será considerada substituta da anterior sendo levada em conta para análise apenas a última inscrição recebida.
4) Dúvidas a respeito das chamadas? Clique aqui ou ligue 0800 616161, opção 0, subopção 1. Leia atentamente as chamadas antes de entrar em contato conosco.  
5) Não consta a sua área de conhecimento no formulário de inscrição? Disponibilize aquela mais próxima de sua atuação na graduação. 
6) Não consta a sua Instituição de Ensino Superior no formulário? Procure o suporte, disponível nas chamadas. 
7) Sua instituição já aderiu ao programa? Busque-a aqui.
8) A nota de ENEM a partir de 2009 será utilizada como critério classificatório, sendo utilizada somente nos casos em que a demanda qualificada for maior que a oferta de vagas no país de destino. Entenda demanda qualificada como: aluno de graduação com mérito acadêmico, o qual realize curso dentro das áreas contempladas e que detenha a proficiência no idioma exigida na Chamada. Porém, todo aluno de graduação poderá se inscrever, preenchidos os requisitos mínimos informados nas Chamadas
Veja as chamadas de cada país clicando no menu ao lado.

Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec)

-->
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionais de nível médio e cursos de formação inicial e continuada para trabalhadores. A medida intensifica o programa de expansão de escolas técnicas em todo o País.
Até 2014, o Governo Federal prevê a construção de 208 novas unidades da rede em duas fases. Na primeira fase, em execução, serão construídas 88 unidades que devem ser inauguradas até 2012. Para 2013 e 2014, deverão ser construídas outras 120 unidades.
Senai/CNI Ampliar
  • Pronatec intensifica expansão de escolas técnicas em todo o Brasil
Ao todo, será formada uma rede com cerca de 600 escolas técnicas profissionalizantes, administradas pelos 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Isso equivale a um atendimento direto a 600 mil estudantes em todo o País.
O Pronatec também amplia as vagas das redes estaduais de educação profissional. Esta ação será abarcada pelo programa Brasil Profissionalizado, parte do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), que teve a adesão das 27 unidades da federação. Os recursos serão repassados para construção, reforma, ampliação de infraestrutura escolar e de recursos pedagógicos, além da formação de professores.
Os recursos do programa virão do orçamento do Ministério da Educação, do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
O mesmo Projeto de Lei, cujo substitutivo foi aprovado pela Câmara dos Deputados e encaminhado ao Senado, que cria o Pronatec amplia o alcance do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), que passa a chamar-se Fundo de Financiamento Estudantil, com a mesma sigla.
Assim, o fundo poderá prover mais duas linhas de crédito, sendo uma para estudantes egressos do ensino médio e outra para empresas que desejam formar seus funcionários em escolas privadas habilitadas pelo MEC ou no Sistema S. O funcionamento é similar ao do Fies do ensino superior, porém com 18 meses de carência e seis vezes o tempo do curso, mais 12 meses para pagamento.
As escolas do Sistema S e das redes públicas também ofertarão cursos de formação inicial e continuada para capacitar os favorecidos do seguro desemprego que sejam reincidentes nesse benefício. Esta ação se aplica também ao público beneficiado pelos programas de inclusão produtiva, como o Bolsa Família.

Prouni 2013 teve mais de 1 milhão estudantes inscritos

--> cesso ao ensino superior
Desde a sua criação, o Prouni já atendeu 1.096.359 estudantes - 739.094 com bolsa integral. O programa desenvolve ainda ações conjuntas de incentivo à permanência dos universitários nas instituições, como a Bolsa-Permanência. Para os estudantes com bolsas parciais há ainda o acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O bolsista pode recorrer ao fundo para custear os outros 50% da mensalidade, sem a necessidade de apresentação de fiador.

Brasil Carinhoso.

--> Pagamento do benefício começou nesta segunda-feira (10) e com a expansão do Programa mais de 2,9 milhões de crianças e jovens saem da situação de extrema pobreza a partir de dezembro 
Daqui pra frente todas as famílias que têm crianças entre 0 e 15 anos, que se encontrem em extrema pobreza e estejam no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, têm direito a receber uma renda para sair da extrema pobreza", afirmou a ministra Tereza Campello, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.
Cadastro
O Brasil Carinhoso complementa a renda de famílias em extrema pobreza incluídas no Programa Bolsa Família, garantindo que todos os seus membros superem o patamar de R$ 70 por mês e, assim, deixem essa situação.
O Cadastro Único deve ser atualizado sempre que houver alguma mudança na composição familiar, tais como renda, endereço, morte, nascimento, entre outras. E, mesmo não havendo alteração, a cada dois anos é preciso que elas confirmem os dados junto ao gestor do programa de transferência de renda nas prefeituras.
Ampliar
  • A taxa de pobreza de pessoas com até 15 anos é quase o dobro das demais faixas etárias
Tereza Campello lembrou que as famílias têm até o dia 28 de dezembro para regularizar a situação. A informação vem impressa no extrato do benefício, emitido no momento do saque dos recursos. Quem perder o prazo poderá ter o benefício bloqueado ou até mesmo cancelado.
Brasil Carinhoso
O objetivo do Brasil Carinhoso é erradicar a extrema pobreza entre as famílias com filhos pequenos. Com as ações de ampliação, em novembro deste ano, a expectativa é que mais 7,3 milhões de pessoas superem a miséria, sendo 2,9 milhões da faixa etária de sete a 15 anos.
Dessa forma, o benefício médio pago pelo Bolsa Família aos beneficiários do Brasil Carinhoso poderá chegar a R$ 235 mensais. A expansão do Brasil Carinhoso representa um custo adicional de R$ 1,74 bilhão ao Bolsa Família, que tem orçamento de R$ 23 bilhões previsto para 2013.

Além de incrementar a transferência de renda, a Ação Brasil Carinhoso fortalece a educação, com estímulo ao aumento de vagas nas creches, e amplia cuidados na área da saúde, incluindo suplementação de vitamina A, sulfato ferroso e medicação gratuita contra asma. Tudo isso em uma fase crucial para que as crianças desenvolvam todas as suas potencialidades físicas e intelectuais: a primeira infância.
O Brasil Carinhoso é construído sobre três pilares: Renda (Benefício de Superação da Extrema Pobreza na Primeira Infância), Educação (Ampliação da oferta de vagas em creches) e Saúde (Medidas para enfrentar alguns dos principais problemas de saúde na infância).

21 de fev de 2013

Aprendiz Legal empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos, para capacitação profissional

-->
O Programa

Buscando contribuir para a formação de jovens autônomos, que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões e intervir de forma positiva na sociedade, surgiu o Aprendiz Legal. Um programa de aprendizagem voltado para a preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho, que se apoia na Lei 10.097/2000, a Lei da Aprendizagem. O Centro de Integração Empresa-Escola e a Fundação Roberto Marinho estão juntos nessa ação oferecendo à empresa a oportunidade de formar um profissional alinhado com o mundo do trabalho.

A Lei determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos, para capacitação profissional (prática e teórica), cumprindo cotas que variam de 5% a 15% do número de funcionários efetivos qualificados. É facultativa a contratação de aprendizes pelas microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP).
Oportunidade de Renovação
Na experiência do Aprendiz Legal o jovem assume o papel de agente de desenvolvimento de sua própria carreira, de colaborador da empresa que o recebe, sua energia, sua criatividade, sua ousadia e sua tendência à contestação são canalizadas para renovar idéias, estruturas e processos.
Por acreditarmos que o jovem deve ser protagonista, visto como responsável, capaz e decisivo, o método utilizado para a formação do aprendiz estimula a autonomia e a pró-atividade. Sua inserção social através do trabalho e da geração de renda está centrada no desenvolvimento de cidadãos social e economicamente bem-sucedidos, que façam a ponte entre a infância e a vida adulta conquistando auto-estima e responsabilidade.
Metodologia

O Programa garante ao jovem capacitação profissional como etapa do seu processo educativo. A metodologia é dividida em dois módulos: um básico, comum a todas as formações; e um específico, voltado para a área de atuação do jovem na empresa. O contrato com o aprendiz tem validade por prazo determinado de dois anos, com salário mínimo/ hora, ou condição mais favorável. O CIEE é responsável pelo recrutamento, seleção e capacitação teórica dos aprendizes e conta com o suporte pedagógico da Fundação Roberto Marinho na formação inicial e continuada dos educadores do programa.
As atividades desenvolvidas são atraentes e motivadoras. Nos encontros os aprendizes participam ativamente, como em oficinas, e os conteúdos programáticos são contextualizados, remetendo a situações do cotidiano dos jovens, o que favorece a própria aprendizagem.

Cursos disponíveis:
Empresas
Clique aqui e preencha o formulário para que o CIEE entre em contato com sua empresa.
Estudantes
Caso não seja estudante cadastrado no CIEE, clique aqui e cadastre-se para receber oportunidades.


Para mais informações sobre o programa acesse www.aprendizlegal.org.br






25 de nov de 2012

Bullying

-->
Bullying é a arma de pessoas medíocres
Bullying é a arma de pessoas ridículas
Bullying é a arma de pessoas fracas e canalhas
Bullying é a arma de pessoas idiotas
Bullying é a arma de pessoas covardes
Bullying é a arma de pessoas fúteis
Bullying é sinônimo de arrogância,petulância,babaquic­e,sordidez.
Bullying é igual à covardia,canalhice,idiotice,es­tupidez.
Bullying é tudo de ruim,tudo que não presta,só que escrito em inglês

7 de ago de 2012

Programas de incentivo Programa Segundo Tempo

Programas de incentivo


Programa Segundo Tempo
Voltado para crianças, adolescentes e jovens expostos a riscos sociais, o Segundo Tempo é um programa de incentivo ao esporte como fator de desenvolvimento da cidadania e de melhoria da qualidade de vida. Ações do Programa Segundo Tempo buscam aumentar a autoestima, habilidades motoras e condições de saúde dos participantes. Também incentivam a prática de atividades esportivas educacionais e a interação entre participantes como forma de garantir a inclusão social.
Tomás Faquini Programa ajuda crianças e jovens de áreas de risco Ampliar
  • Programa ajuda crianças e jovens de áreas de risco
Entidades públicas e privadas sem fins lucrativos podem se inscrever para propor uma parceria com o programa . Os parceiros mantêm núcleos de esporte educacional e criam eventos e atividades esportivas educacionais. Cada núcleo tem 100 crianças, adolescentes e jovens orientados por profissionais. Eles desenvolvem atividades esportivas e complementares, seguindo um modelo que inclui:
• atividades realizadas fora do horário escolar, em espaços específicos, na escola ou em lugares comunitários;
• oferta a cada participante de no mínimo três modalidades de esporte, com frequência mínima de três vezes na semana, de 2 a 4 horas por dia;
• oferta de reforço alimentar.
O projeto escolhido para convênio com o Programa Segundo Tempo é desenvolvido durante o ano escolar, com recesso remunerado de 30 dias entre os meses de dezembro e janeiro. Em janeiro de 2009 foi realizada a edição piloto do Programa Recreio nas Férias, oferecendo aos participantes do Segundo Tempo atividades culturais, artísticas, esportivas, turísticas, sociais e de jogos e brincadeiras durante as férias escolares. Cada edição do Recreio nas Férias terá um tema central para ser abordado com os participantes. No projeto piloto, o tema escolhido foi meio ambiente.

Projetos Esportivos Sociais

Projetos Esportivos Sociais
A prática de esportes, além de ser um hábito saudável, é importante instrumento de inclusão social. Para incentivar essas atividades, brasileiros com idades entre 0 e 18 anos podem ser beneficiados pelo programa Projetos Esportivos Sociais, ação conjunta entre o Ministério do Esporte e o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).
Gaspar Nóbrega/COB Programa visa incentivo à prática de esportes Ampliar
  • Programa visa incentivo à prática de esportes
O programa prevê que os participantes pratiquem pelo menos uma modalidade esportiva, de preferência três vezes por semana. Entre as atividades também estão previstas palestras educativas, reforço escolar, atendimento médico, psicológico e social. Oficinas profissionalizantes são oferecidas para adolescentes maiores de 14 anos.
Podem participar empresas ou pessoas físicas que quiserem fazer doações para projetos pré-aprovados pelo programa Projetos Esportivos Sociais. Os valores, que são repassados ao Fundo Nacional para a Criança e o Adolescente (FNCA), podem ser deduzidos do imposto de renda a pagar.
De 2005 a 2009, foram aprovados 73 projetos atendidos pelo programa. No total, foram autorizados cerca de R$ 139,5 milhões para a execução dos mesmos.
São Paulo é o estado que possui o maior número de projetos autorizados (20), mas eles estão espalhados pelo país. Existem iniciativas no Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocatins.
Para saber mais sobre os projetos aprovados, visite a página do programa no Ministério do Esporte.

Seguidores

Postagens populares

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar este blog